Notícias ao Vivo

Acessar

Notícias ao Vivo

Do jeito que você gosta

BRASIL | A aeronave ia de Manaus para a cidade de Barcelos

Avião de pequeno porte cai no Amazonas e deixa 14 mortos
Aeronave com turistas de pesca esportiva havia partido de Manaus para Barcelos; outros dois aviões desistiram de pousar pouco antes por causa de uma forte chuva


Aeronave caiu em Barcelos, no Amazonas, neste sábado, Queda de avião em Barcelos (Foto: Reprodução

Um avião de pequeno porte saído de Manaus caiu no município de Barcelos, um dos principais destinos turísticos do interior do Amazonas, na tarde deste sábado, 16. Segundo o governo estadual, o acidente deixou 14 mortos - dois tripulantes e 12 passageiros na queda. Os passageiros são brasileiros e seriam turistas de pesca esportiva. Não há sobreviventes.

A queda da aeronave ocorreu em um momento de forte chuva no local. De acordo com autoridades locais, outras duas aeronaves desistiram de pousar no aeroporto local pouco antes do acidente. Não há lista oficial com o nome das vítimas.

"O momento do acidente era de chuva muita intensa. Temos a informação de que duas aeronaves antes desse voo optaram por regressar a Manaus, porque a segurança do local não permitiu o pouso", afirmou o secretário de Segurança Pública do Amazonas, Coronel Vinícius Almeida, durante coletiva de imprensa.

O avião tinha autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para operação como táxi aéreo e a situação de aeronavegabilidade era considerada normal. Em nota, a agência disse lamentar o acidente.

Em nota, a Força Aérea Brasileira (FAB) informou que investigadores do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) foram acionados para avaliar a queda da aeronave de matrícula PT-SOG. Era um modelo Embraer EMB-110 Bandeirante, com capacidade para transportar até 18 passageiros.

O governador do Amazonas, Wilson Lima (União Brasil), lamentou o acidente nas redes sociais. "Nossas equipes estão atuando, desde o primeiro momento, para prestar o apoio necessário. Aos familiares e amigos, minha solidariedade e orações", escreveu em rede social.
"Os dois tripulantes e os 12 passageiros estavam indo pescar esportivamente em Barcelos. O tempo estava muito ruim. Na tentativa de pousar, aconteceu essa tragédia. Eram turistas brasileiros", disse ao Estadão o prefeito de Barcelos, Edson Mendes (MDB). "O clima é de total consternação. A cidade toda está emocionada. Nosso problema é tentar conservar minimamente os corpos até que a estrutura do Estado chegue amanhã (domingo)", afirmou o prefeito.

A preocupação é em conservar os corpos, colocados inicialmente na quadra de uma escola e que serão levados para um hospital local até a chegada de equipes do Estado na manhã de domingo, 17. Na sequência, serão transportados até o Instituto Médico Legal (IML) de Manaus.

Como o aeroporto local não tem aval para pousos e decolagens noturnos, a perícia e outras equipes partirão para Barcelos no início da manhã de domingo, 17, por volta das 5h30. O transporte dos corpos até Manaus será feito horas depois. "Expectativa é que amanhã possa trazer corpos para Manaus e iniciar preparação que seja entregue para famílias", informou o secretário de Segurança Pública do Amazonas, Coronel Vinícius Almeida, durante coletiva de imprensa.

O secretário fez um apelo à população para que não compartilhe imagens dos corpos nas redes sociais. "É o momento de compreender os danos às famílias, para não causar traumas", disse. "Deixamos nossos sentimentos àqueles que perderam os seus entes queridos nessa tragédia", completou.

Segundo o governo do Estado, o aeroporto de Barcelos está em boas condições e regularizado para voos de pequeno porte. O espaço passará por uma reforma na pista a partir do dia 25, mas seguirá com pousos e decolagens.

A causa do acidente ainda será apurada. Segundo o secretário, há relatos de que a aeronave teria pousado no meio da pista e não teria espaço suficiente para frear, o que ainda não foi confirmado.

"Acidentes não têm uma causa única, e todos os fatores serão analisados. Em breve, um relatório será divulgado", declarou o comandante do Sétimo Comando Aéreo Regional (VII COMAR), Brigadeiro do Ar David Almeida Alcoforado, também durante a coletiva de imprensa.
Temporada de pesca começa em setembro e vai até março

Barcelos fica a cerca de 400 quilômetros de Manaus, mais ao norte do Estado, na margem direita do Rio Negro. A região, no meio da Floresta Amazônica, é conhecida também pelo ecoturismo e pela pesca esportiva, cuja alta temporada vai de setembro a março.

No começo deste mês, o governo estadual anunciou a expectativa de atrair mais de 30 mil turistas, do Brasil e do exterior, para a pesca esportiva nesta temporada. A atividade movimenta cerca de R$ 500 milhões, segundo a Amazonastur.



Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



BRASIL  |   28/11/2023 15h54





BRASIL  |   16/10/2023 09h16